Motivação Nos Treinos – Como Manter O Foco

Para quem deseja ter um corpo mais bonito e saudável, o treino de musculação, que é muitas vezes acompanhado de outras modalidades, se torna a melhor opção. Entretanto nem sempre motivação nos treinos.

Seja pelo cansaço do dia-a-dia, o estresse excessivo, e é claro a famigerada preguiça, enfim, sempre arranjamos desculpas para não realizarmos o treino que desejamos. Porém, pular treinos ou deixar de treinar não vai fazer com que você tenha bons resultados.

Neste artigo, separamos para você dicas especiais para ter motivação nos treinos e manter o foco. Continue a sua leitura e descubra quais são.

Dicas De Como Ter Motivação Nos Treinos E Manter O Foco

Dica nº 1 – Coma Carboidrato

motivação_nos_treinos
Algumas pessoas ao lerem isso podem se assustar: “Mas como assim comer carboidratos?”

A maioria das dietas, principalmente ligadas aos treinos de musculação, ressaltam a importância do consumo de proteínas, mas se esquecem de que o maior fornecedor de energia do corpo é o carboidrato.

Sim, não há como negar, o carboidrato é essencial para quem executa treinos de musculação ou de outras modalidades e deixar de consumi-lo vai fazer com que você perca seus rendimentos.

Mas é claro que não estamos falando de quaisquer carboidratos, mas sim daqueles que tem um valor nutricional. Sendo assim, aí vai uma lista de carboidratos que são indicados para o consumo pré-treino:

⦁ Batata doce: a batata doce é um carboidrato de absorção lenta que possui baixo índice glicêmico e possui vitamina A, C e E, além das vitaminas do complexo B.

⦁ Mandioca: também possui baixo índice glicêmico e possui propriedades anti-inflamatórias.

⦁ Tapioca: um alimento derivado da mandioca que não possui glúten podendo facilmente substituir o pão, além de possuir baixo teor de sódio.

⦁ Pão integral: possui uma massa mais rica em fibras, vitaminas e minerais além de possuir menor teor de gorduras e açúcares.

Agora que você tem mais opções de carboidrato não se esqueça de incluí-los em suas refeições pré-treino para obter mais energia e ter ótimos rendimentos.

Dica n º 2 – Pense Que Você Não Tem Outra Escolha

Não ter outra escolha é melhor maneira de se motivar e o pensamento é simples: você só vai emagrecer e ter o corpo que deseja se treinar, então, fugir dos treinos não é a solução mais adequada, a menos que você disponha de bastante dinheiro para a realização de cirurgias plásticas e mesmo assim, se não treinar, corre o risco de perder o seu dinheiro.

Por isso, é importante que você estabeleça um compromisso consigo mesmo e assim como levanta todos os dias para ir para o trabalho, você também vai se trocar e ir para a academia.

Dica nº 3 – Tire Suas Medidas

motivação_nos_treinos
Muitas pessoas perdem o foco porque simplesmente não sabem o quanto estão evoluindo com os seus treinos. Portanto, para que você obtenha melhor desempenho na academia tire suas medidas.

Compare o seu quadro de evoluções mensalmente e perceba o quanto treinar está te ajudando a conquistar seus objetivos, à medida em que você vai conquistando as suas medidas, você então vai se sentido mais motivado.

Dica nº 4 – Escolha Um Lugar Para Treinar Em Que Você Se Sinta Bem

Não adianta, você não vai querer treinar em um lugar em que você se sinta mal, em que a energia não vibra com a sua e onde os objetivos não são correspondidos, aí mesmo que você não terá motivação nos treinos.

Por isso, antes de começar qualquer treino, visite o lugar, treine por pelo menos 1 dia lá e entenda se de fato ele será o que você realmente precisa, pois somente desta maneira você irá se sentir motivado a continuar.

Dica n º 5 – Entenda Que Este É Um Presente Seu Para Você Mesmo

Cuidar de si mesmo é um presente e isso acontece quando você realiza um treino de musculação bem feito, cuida dos cabelos, unhas ou pele. Quando você percebe o quanto estas coisas te fazem bem, você não quer parar, mas sim, continuar porque sabem o quão importante elas são, e isso é mais uma motivação nos treinos.

Treinar portanto é mais do que uma obrigação, e sendo um presente seu para você mesmo, você deve cuidá-lo com o máximo de carinho entendendo que foi a pessoa mais especial do mundo que te deu, não desperdice isso.

Dica nº 6 – Invista Em Chás Termogênicos

Mesmo sabendo das vantagens que um treino pode nos trazer ainda assim muitas vezes nos sentimos desmotivados. E quando bate o desânimo, investir em chás termogênicos pode ser uma ótima solução.

Dentre os mais indicados estão o chá mate, o chá verde e o chá preto que contém cafeína e além de fazer com que você se sinta mais disposto a realizar o treino, ajudar a eliminar toxinas do organismo bem como, combater os radicais livres.
Sendo assim, se você ainda não investiu nos chás como uma opção, deve começar agora para se manter focado nos seus treinos.

Dica nº 7- Invista Em Uma Playlist Para Treinar

A música é uma das melhores coisas que existem na vida, ela é capaz de despertar os mais variados sentimentos a depender da batida, ritmo e letra. Nos treinos ela também é capaz de trazer motivação e operar milagres.

Por isso, adicione em sua playlist músicas animadas que façam você querer se mexer, que despertem o melhor dentro de você, pois assim você terá um treino muito mais proveitoso, além de muito mais animado.

Dica nº 8 – Defina Horários

O ser humano leva em média 21 dias para transformar novas atitudes em hábitos, e é isso que acontece quando você começa a treinar, seu corpo dói, você se sente mais cansado, com mais fome e tem muita preguiça de voltar para a academia.

Mas todos estes sintomas vão desaparecendo, e para que seu corpo e seu cérebro consigam estabelecer o treino como uma hábito, treinar todos os dias no mesmo horário é uma boa indicação.

Sendo assim, é fundamental que você consiga organizar a sua agenda e reservar um horário especial para cuidar de si mesmo realizando bons treinos que transformarão não só o seu corpo, como também a sua mente.

 

 

 

Por Que O Agachamento É Importante? Benefícios E Melhores Exercícios

O agachamento é um dos exercícios mais completos dentro da musculação sendo que sua realização é fundamental para a obtenção de glúteos perfeitos.  Os seus benefícios vão muito além disso, visando a correção de postura e resistência muscular.

Além disso, sua realização pode ser feita de várias formas que tendem a trabalhar de diferentes maneiras as pernas e glúteos.

Entenda quais são os benefícios do agachamento e por que você deve começar a realiza-lo imediatamente.

Que Exercício É Esse?

O agachamento consiste em basicamente no que seu nome sugere: agachar. Contudo, a forma como ele é executado é que garante bons resultados.

Pode-se dizer que dentro das academias, ele consiste na flexão e na extensão dos joelhos e quadris como se você fosse sentar e levantar. A ação parece bastante simples, mas requer um determinado esforço do corpo.

Benefícios

Ele consegue fortalecer as pernas e também trabalha os músculos do abdomen. Além disso, ele consegue alcançar de forma indireta outros músculos, assim como, previne lesões no core, reduz a incidência de problemas na coluna lombar e evita dores na região torácica inferior.

Apesar de muitos acreditarem que o agachamento leva ao desenvolvimento de lesões nos joelhos, isso não é verdade.

O problema nos joelhos só vai aparecer caso o agachamento não seja realizado de forma adequada, sem respeitar os limites do corpo, colocando muito peso.

Portanto, os benefícios fazem deste o melhor exercício a ser executado.

Tipos

Existem variações de agachamento e isso permite que se desenvolva o trabalho de diferentes grupos musculares.

Simples

O agachamento simples é aquele executado sem nenhum tipo de aparelho. Consiste apenas na flexão dos joelhos, que deve estar separados na altura dos ombros.

Além disso, para obter os benefícios do agachamento nesse exercício é preciso que você o execute de forma lenta, de modo a contrair os músculos dos glúteos e das pernas.

Os agachamento simples são muito encontrados em exercícios funcionais onde outros tipos de exercícios também são realizados.

Com Barra Fixa Ao Aparelho

Este é um tipo de exercício muito comum nas academias. Consiste em um agachamento que é guiado por um aparelho onde se insere uma determinada quantidade de peso.

Existem muitos benefícios do agachamento nesse exercício que vai trabalhar a força muscular e resistência.

Com Barra

Trata-se de um agachamento realizado com barra mas sem a utilização de aparelho. Assim, o indivíduo deve trabalhar a sua força e resistência além do equilíbrio.

Entes os benefícios do agachamento ele também apresenta bons resultados quando incluso em um treino de hipertrofia muscular.

Afundo

Consiste em um tipo de agachamento que pode ser feito tanto no aparelho, com alteres, forma livre ou até mesmo com caneleiras.

Trata-se de um exercício que trabalha de maneira alternada as pernas. Assim, enquanto uma perna agacha, a outra está esticada para trás, porém, levemente flexionada.

Entre os benefícios do agachamento é importante ressaltar que exercício trabalha individualmente os grupos musculares das cochas e glúteos.

Sumô

O agachamento sumô tem como objetivo principal trabalhar as partes internas das coxas.

Pode ser realizado sem nenhum tipo de peso ou com halteres, geralmente mais pesados.

Consiste em realizar o movimento do agachamento com as pontas dos pés voltadas para fora. Quando realizado com haltere, ele é segurado entre as pernas de modo a fazer com que se exija mais do músculos para a sua execução.

Com Salto

O agachamento com salto e muito utilizado em exercícios funcionais. Entre os benefícios do agachamento o exercício consegue trabalhar pernas, glúteos além de permitir uma queima maior de calorias devido aos saltos.

Ele geralmente é realizado sem nenhum tipo de peso.

 Com Halteres

Trata-se de uma variação do agachamento com barra que também visa a estabilidade do equilíbrio.

Sendo assim, entre os benefícios do agachamento está uma realização de um exercício mais leve, mas que contudo contém algumas cargas de peso que permitem uma maior trabalho dos grupos musculares.

Frontal

Este é um tipo de agachamento que é executado com a barra e alteres à frente do corpo, apoiado na clavícula.

Ele deixa o tronco mais ereto ao longo de todo o movimento o que permite uma execução ainda mais aperfeiçoada do exercício.

Hack Com Barra

benefícios do agachamento

Esse tipo é executado segurando a barra de costas de modo que quando em movimento, ela fique abaixo dos glúteos.

É um exercício bastante complexo que trabalha o equilíbrio e diferentes grupos musculares.

Um de seus benefícios é que este exercício é bastante indicado quando se deseja dar maior ênfase aos quadríceps sem que para isso você precise recorrer à diferentes tipos de exercícios de isolamento.

Zercher Squat

Não é um tipo de agachamento confortável e raramente é executado nas academias. Consiste em um exercício onde a barra é segurada pelo antebraço e o indivíduo deve manter o equilíbrio tanto das pernas quanto dos braços.

Mas um dos benefícios do agachamento é que ele é uma variação recomendável quando não existem outros aparelhos para a variação do exercício.

Overhead Squat

Trata-se de uma variação muito complexa que é bastante utilizada em treinos de crossfit.

Consiste em agachar o máximo possível, elevar uma barra com pesos acima da cabeça e depois levantar.

Entre os benefícios estão o ganho de equilíbrio, força, controle da respiração. Também é uma excelente indicação para quem deseja levantar cargas elevadas mas não possui um suporte de agachamento.

Afundo Com Banco

Consiste em uma variação do agachamento que você deve utilizar o banco, apoiando a perna que vai ficar em descanso. Para que o exercício se torne ainda mais complexo, você deve utilizar alteres.

O banco deve ter uma altura de no máximo 50 cm para que não comprometa a execução do exercício.

Estas são as variações dos agachamento. E agora que você já descobriu os seus benefícios que tal começar a executar o exercício?

Corpo Definido – Melhores Esportes Para Te Ajudar

O corpo definido é ter músculos e baixo percentual de gordura corporal, esse é o objetivo de muitos homens e muitas mulheres. Mas para alcançar isso, é necessária muita dedicação e persistência, pois não é um resultado fácil e rápido.

Definir o corpo requer estratégia e deve respeitar cada organismo, pois cada um tem uma necessidade e responde diferente aos processos. Alguns conseguem resultados mais rápidos, outros mais demorados, os metabolismos são diferentes. Por isso é importante conhecer seu próprio corpo e também buscar ajuda profissional para conhecê-lo melhor.

O equilíbrio é fundamental para se chegar num objetivo de ter um corpo que você tanto sonha e há algumas coisas a serem consideradas além dos exercícios físicos.

Veja As Dicas Para Manter O Corpo Definido

Alimentação:

É fundamental ter uma dieta saudável que auxilie nos resultados dos exercícios físicos praticados. Alimentação rica em vegetais, proteínas, gorduras boas, excluindo carboidratos refinados, açucares e gorduras saturadas, garantem maior rendimento e um corpo definido.

Sono e Descanso:

Dormir 8 horas por dia tem sido um desafio cada vez maior para quem vive numa sociedade tão corrida quanto à nossa. Mas o sono e o descanso são essenciais para equilíbrio do nosso corpo e mente. Além de manter o corpo definido.

Colocando todos esses pilares em ação, você pode ter um melhor rendimento no esporte e assim alcançar seu objetivo.

Os Benefícios Do Esporte

– Fortalecimento muscular, das estruturas ósseas e articulações;

– Prevenção de doenças inflamatórias e cardíacas;

– Liberação de hormônios de bem-estar, prazer;

– Regularização de peso.

E para que você tenha o corpo que tanto deseja, o ideal é escolher a atividade que mais lhe traga prazer e te leve a melhorar cada dia mais.

Listamos alguns dos melhores esportes que lhe ajudam a manter o corpo definido:

corpo_definido

CORRIDA – uma das melhores atividades aeróbicas, a corrida, estimula muito os músculos das pernas. É um dos esportes mais antigos do mundo e comprovadamente traz benefícios para melhora do sono, ansiedade e tensão.

Você pode correr ao ar livre, numa pista de atletismo, na academia, na praia… Você escolhe onde correr! É um esporte que te dá um ótimo condicionamento cardiovascular. Em uma hora de corrida é possível queimar até 600 kcal.

CICLISMO – a bicicleta movimenta muitos músculos do corpo e ajuda na definição do corpo.  Apesar de intenso, é um esporte que gera pouco impacto nos ossos e nas articulações. Alivia o estresse e a tensão, melhora a circulação, ainda ajuda a emagrecer.

Geralmente é um esporte ao ar livre, mas também é possível fazer o Spinning em academias que simulam praticas do ciclismo.  É possível gastar mais de 300 calorias por hora e atingir o corpo definido.

NATAÇÃO E HIDROGINÁSTICA – aconselhada para qualquer idade e qualquer pessoa, esses esportes aquáticos mexem com todo o corpo. São chamados de exercícios completos, auxiliam no controle da respiração, trabalham a parte muscular e aeróbica e trazem uma definição, além de ser uma atividade muito relaxante.

TÊNIS – o tênis também é visto como um esporte completo, que trabalha muito os braços, tronco e pernas. Traz equilíbrio, melhora o reflexo, dá agilidade, além de um ótimo condicionamento físico. O tênis é também um dos esportes que mais queimam calorias: até 540kcal por hora.

LUTAS – As lutas sempre foram atividades que definem o corpo, além de trabalhar também a mente e estão cada dia mais procuradas. São várias modalidades, cada uma com um objetivo e particularidades. Dentre as mais famosas hoje estão:

Muay Tay – é uma arte marcial voltada para defesa pessoal e com movimentos brutos  como cotoveladas, chutes, joelhadas e socos. Essa luta melhora o condicionamento físico, acelera o metabolismo, traz equilíbrio, flexibilidade e tem gasto calórico muito elevado.

Boxe – o boxe trabalha muito as partes superiores, como braços, costas, abdômen. Mas também trabalha todas as partes do corpo devido os movimentos que são intensos e constantes. Essa luta exige muita agilidade e reflexo.

MMA – é a mistura de sete modalidades de luta: jiu-jitsu, muay thai, judô, wrestling, karatê, boxe e capoeira. Diferente do vale-tudo o MMA tem regras que garantem a integridade do atleta. Por ter várias modalidades de luta há movimentos em todo o corpo, em todos os membros.

Essa luta traz muito equilíbrio, flexibilidade, além de alto emagrecimento e definição do corpo. Uma aula pode chegar a ter um gasto calórico acima de 1000kcal e deixar o corpo definido.

As lutas em geral são como máquinas de queimar calorias. São ótimas para definir o corpo, além de trabalhar muito com o equilíbrio também da mente.

CROSSFIT – é um tipo de treinamento que exige o máximo do corpo, é um treinamento bastante intenso. Pra se ter uma ideia são exercícios feitos por militares. É aconselhado praticar essa modalidade com um acompanhamento profissional para evitar lesões.

FUTEBOL – tirando a posição de goleiro, que tem um ritmo menos intenso no jogo, as demais posições correm mais por todo o campo. Também vai depender muito do tipo de campo em que se joga, mas no geral é possível queimar até 300 calorias a cada 30 minutos de jogo.

MUSCULAÇÃO – não há nenhum esporte que se consolide se não houver a musculação. Apesar de muito rejeitada, é ela quem consolida a uma definição.

Com a musculação há gasto calórico, aceleração do metabolismo ganho de massa magra, pois o levantamento de cargas em repetição traz o aperfeiçoamento dos músculos.

A musculação melhora o condicionamento físico, diminui a gordura corporal, melhora a postura, aumenta a densidade óssea, e diminui riscos de doenças como o diabetes.

Cuidados

Antes de iniciar a prática de um esporte é essencial consultar um médico, fazer exames e certificar que está apto a iniciar as atividades.

Seja qual for a modalidade escolhida, é importante fazer o aquecimento para evitar lesões e, ao terminar fazer alongamento dos músculos. É fundamental também ter consciência da intensidade ao iniciar um esporte.

O ideal é começar mais leve e ir aumentando gradativamente o treino, respeitando o corpo e a mente. Com todos esses fatores, equilibrados, com certeza alcançará o corpo que sempre sonhou.

Musculação Também Emagrece? Saiba Como

A maioria das mulheres não está contente com o seu peso e estão em busca de meios eficazes para o emagrecimento. Mas o que a grande maioria têm dúvida é: A musculação emagrece?

Ainda existe a falsa ideia de que a prática da musculação está associada apenas ao ganho e crescimento muscular, contudo, esse é um grande equívoco uma vez que ela pode ser utilizada para outros objetivos.

Entenda como utilizar a musculação para emagrecer e quais as principais dicas para que você obtenha os resultados esperados.

Por Que A Musculação Pode Ajudar A Emagrecer?

Para que o organismo consiga absorver os nutrientes ingeridos através da alimentação ela passa por um fenômeno chamado de metabolismo.

O metabolismo consiste em uma reação química que vai fazer com que os nutrientes se transformem em energia para a manutenção dos órgãos, estado de alerta, enfim, para que organismo se mantenha vivo.

Contudo, nem sempre o metabolismo funciona de maneira rápida e os nutrientes que não são utilizados para a transformações de energia são armazenados como gorduras.

E fazer com que o metabolismo trabalhe de maneira acelerada é o primeiro passo para a perda de peso.

E é aí que entra então a musculação para emagrecer. A musculação é um tipo de exercício físico que está focado na obtenção do ganho de massa muscular e desenvolvimento dos músculos.

Os músculos, para que possam se desenvolver, consomem energia provocando a aceleração do metabolismo.

A partir daí o raciocínio se torna lógico: quanto mais músculos você tiver, mais o seu metabolismo terá que trabalhar.

Porém, é preciso ainda desenvolver outras ações que visem a prática da musculação para emagrecer veja quais são elas.

Alimentação

O que diferencia a hipertrofia do emagrecimento dentro da musculação?

Algumas pessoas acreditam que é o modo como se realizam os exercícios, porém esse é também um equívoco muito comum.

Tanto para a hipertrofia ou para o emagrecimento o treino pode ser o mesmo, ou seja, destinado ao ganho de massa muscular. O que vai diferenciar os resultados é o modo como você se alimenta.

A alimentação de quem está em busca de hipertrofia é baseada em um alto consumo de proteínas e carboidratos, permitindo assim que os músculos fiquem mais evidentes.

No entanto, na musculação para emagrecer o consumo de alimentos deve ser menor, mas de modo que o metabolismo tenha energia suficiente para gastar, caso contrário, ele entra em modo economia (ou seja, vai trabalhar em um ritmo devido à falta do consumo adequado de comida).

Suplementos Também Ajudam:

A suplementação é também muito importante na alimentação de quem pratica musculação para emagrecer.

É preciso entender que basicamente o metabolismo só vai funcionar com o consumo adequado de comida no corpo. Sendo assim, alguns suplementos podem ajudar, principalmente se você leva uma vida muito agitada.

O ideal é que você consiga conciliar uma alimentação rica em nutrientes com a suplementação para os treinos, pois isso ajudará no processo de construção dos músculos.

Mas é válido ressaltar que os suplementos não servem como alimento e não devem substituir as refeições.

Descanso

musculação_para_emagrecer

Fala-se muito da importância do descanso dos músculos para a hipertrofia, mas será que ele também é adequado na musculação para emagrecer?

A resposta é sim. É importante lembrar que é no descanso que o músculo tem tempo para se recuperar e se desenvolver e mesmo que seja para fins de emagrecimento, eles devem estar presentes para que assim o metabolismo trabalhe mais rápido.

O que pode ser feito nos dias de descanso da musculação são treinos de cardio que também ajudam na queima progressiva de gordura. Mas o ideal é que você tenha pelo menos dois dias de descanso na semana sem atividades físicas.

Peso x Massa Muscular E Musculação Para Emagrecer

Um fator que não deve ser tão considerado quando se realiza a musculação para emagrecer é o peso da balança.

Acontece que a massa muscular pesa mais que a gordura, assim, você pode pesar 60 kg possuindo mais gordura corporal em seu corpo, ou 65 kg possuindo mais massa muscular, e neste último caso você aparentará ser mais magra do que no primeiro.

Com o passar dos meses, você vai perceber alterações muito notáveis em seu corpo, como diminuição da flacidez, correção da postura e endurecimento dos membros.

Mas se você deseja fazer um comparativo de evolução, o ideal é que você tire as suas medidas pois estas sim darão uma noção real do seu emagrecimento, no entanto, a balança não é recomendável neste período de adaptação.

Alimentos Indicados Para Emagrecer

A alimentação é a base para que você obtenha bons resultados. Sendo assim, alguns alimentos são muito indicados para que você obtenha o corpo que sempre desejou.

– Verduras e legumes

Devem estar nas principais refeições como almoço e jantar. Nessa lista, os principais são:

  • Alface
  • Tomate
  • Rúcula
  • Pepino
  • Batata doce
  • Brócolis
  • Agrião

– Proteínas

Não podem faltar em nenhuma refeição uma vez que são a base para a construção muscular, entre as proteínas temos:

  • Carnes vermelhas
  • Carnes brancas
  • Peixes
  • Ovos

– Gorduras boas

As gorduras boas ajudam no funcionamento do organismo e também tendem a reduzir o colesterol ruim, algumas delas:

  • Abacate
  • Manteiga de amendoim
  • Óleo de coco
  • Açaí

– Carboidratos

Esse é o tipo de alimento que você deve ter mais cuidado uma vez que a sua ingestão inadequada pode resultar no acúmulo de gordura prefira sempre:

  • Pães e massas integrais
  • Frutas
  • Arroz integral

Musculação Para Emagrecer – Por que Praticar?

A musculação para emagrecer é um exercício completo que engloba os membros inferiores e superiores, aumenta a flexibilidade, coordenação motora, retarda o envelhecimento e diminui a flacidez.

A prática do exercício não possui contraindicação. No entanto, o ideal é que antes de você começá-la você faça uma avaliação médica.

Além disso, a musculação ajuda a elevar a autoestima deixando o indivíduo mais satisfeito com a sua própria imagem.

Ela também induz à disciplina e reeducação alimentar para que os resultados sejam notados.

Aumentar Seu Metabolismo – Saiba Como E Por Que É Necessário

O metabolismo consiste em um processo de absorção dos alimentos e consequente transformação deles em energia. Sendo assim, ao aumentar seu metabolismo você consegue uma queima de gordura corporal maior e consequentemente redução de peso.

Porém, nem todas as pessoas tem tanta facilidade em fazer com que seu metabolismo funcione de maneira adequada, e isso leva em consideração diferentes fatores como idade, rotina, alimentação e biotipo.

Descubra como aumentar seu metabolismo e conseguir o corpo que você sempre desejou.

O Que É Metabolismo?

O metabolismo consiste em um conjunto de reações químicas que realizam o processo de síntese de degradação, ou seja, decomposição das células.

Ele só acontece através da ação de diferentes enzimas que estão relacionadas a três funções vitais que ocorrem no corpo humano: nutrição, através da ingestão alimentos; respiração, que tende a oxidar estes elementos essenciais para a produção de energia química; e síntese de moléculas estruturais, que utilizam a energia produzida.

Quando uma pessoa possui metabolismo acelerado, esse processo então ocorre de forma mais rápida no corpo. Alguns indivíduos apresentam metabolismo acelerado na juventude, mas ao passar do tempo, ele desacelera.

No entanto, é possível aumentar seu metabolismo através de ações e consumo de determinados alimentos. Vamos falar um pouco mais sobre estas ações.

Pratique Musculação

A prática de musculação está bastante relacionada ao metabolismo, isso porque para a construção dos músculos o metabolismo deve acelerar. Além disso, quanto maior for o número de músculos que você possui no corpo, maior será o gasto de calorias diário.

Alimentação Adequada E No Tempo Certo

Muitas pessoas quando desejam aumentar o metabolismo acabam fazendo isso de forma errada deixando de comer ou reduzindo drasticamente as calorias.

Esta atitude não ajuda muito levando em consideração de que o metabolismo desacelera quando o consumo de calorias é reduzido de forma errada, pulando refeições.

O ideal é que você consuma alimentos que contenham bons nutrientes, como frutas, verduras e legumes sem pular nenhuma de suas refeições.

Ingestão De Proteínas

As proteínas além de serem importantes para o ganho de massa muscular, também conseguem tornar o metabolismo mais rápido.

Para entendermos como as proteínas atuam é preciso pensar da seguinte forma: o corpo para se manter vivo utiliza fontes de carboidrato para desenvolver suas funções. Quando esta fonte é reduzida, ele então deve buscar por outra fonte que se encontra na gordura.

Sendo assim, quando você ingere mais proteínas do que carboidratos você está forçando o seu metabolismo a trabalhar mais.

Dormir Pelo Menos 8 Horas Por Noite

É possível acelerar o metabolismo através do sono uma vez que é durante este tempo que ele regula as atividades hormonais e outras funções do corpo podendo trabalhar de forma adequada durante o dia.

Reduzir Os Níveis De Estresse

Se você deseja ter um metabolismo acelerado, então precisa ficar mais calmo. Isso porque quando o organismo é levado a diferentes situações de estresse ele libera hormônios que prejudicam o organismo como um todo, inclusive o processo de metabolismo.

Tome Café Da Manhã

aumentar_o_metabolismo

O café da manhã é a refeição mais importante do dia e também serve para aumentar seu metabolismo. Durante a noite, passamos por um longo período de jejum que precisa ser quebrado logo pela manhã.

No entanto, quando isso não acontece, o organismo então começa a reter mais gordura para que possa manter suas funções ativas.

Aumentar O Consumo De Cafeína

A cafeína é um dos elementos que tende a tornar o metabolismo mais rápido e assim, auxiliar na queima de gorduras. Isso porque a cafeína possui um efeito estimulante que proporciona a queima de gordura mais rápida.

Aumentar O Número De Atividades

Basicamente, para que possamos aumentar o metabolismo é preciso que gastemos calorias. Sendo assim, quanto mais calorias são gastas mais o metabolismo é obrigado a funcionar.

Para tanto, você pode utilizar diversas estratégias em seu dia-a-dia como subir escadas, ir ao trabalho a pé ou até mesmo buscar o pãozinho na padaria. Todos estes são meios de realizar atividades físicas que provoquem a aceleração do metabolismo.

Praticar Treinos Funcionais

A prática de treinos funcionais também pode aumentar seu metabolismo uma vez que mesmo depois da realização dos exercícios o corpo tende a queimar calorias em até 48 horas.

Portanto, você pode investir em treinos como TABATA ou HIIT que tendem a trabalhar os músculos e queimar calorias em pouco tempo.

Correr

As corridas são uma forma de acelerar o metabolismo, isso porque elas exigem muito do corpo aumentando o ritmo cardíaco, circulação sanguínea e respiração.

Portanto, também são uma excelente forma de fazer com que seu metabolismo deixe der ser preguiçoso.

Fazer Refeições Antes De Dormir

Se o café da manhã é uma refeição importante, comer antes de dormir também tem uma função.

Como você vai passar muito tempo sem comer, isso vai diminuir drasticamente os níveis de açúcar no seu organismo fazendo com que você tenha menos músculos o que consequentemente deixa o seu metabolismo mais lento.

No entanto, sem exageros uma vez que o seu corpo também tem de realizar outras funções importantes. Coma uma fruta, uma pequena quantidade de cereais, um copo de leite, ou seja, alimentos leves e que sejam de fácil digestão.

Treinar Com Intervalos Ativos

Os intervalos ativos também podem aumentar seu metabolismo, pois ao mesmo tempo que você recupera os seus músculos de uma atividade mais abrupta, você dá ênfase à queima de calorias realizando pequenas atividades como pular ou correr por alguns segundos na esteira.

Comer Chocolate Amargo

O chocolate amargo também é um dos elementos que pode aumentar o metabolismo, pois possui em sua composição a cafeína e o antioxidante catequina que faz o seu corpo trabalhar de maneira adequada.

No entanto, faça o consumo sem exageros para que assim você não acumule tantas calorias no seu corpo.

Beber Mais Água

O consumo de água impede que você se sinta fadigado, sendo assim, ele é importante para que você gaste as calores e possa dessa forma acelera o metabolismo.

Dieta Flexível: Como Criar Uma Dieta Simples E Fácil De Manter

Emagrecer não é uma coisa simples, requer paciência e muita dedicação, porém optar por uma dieta flexível pode ser o primeiro passo para conquistar o corpo que você deseja.

No entanto, muitas pessoas não sabem como equilibrar uma vida saudável sem abrir mão de alguns prazeres, como sair com os amigos para o happy hour, por exemplo.

E se você está em busca de uma dieta flexível e fácil de manter fique de olho nestas dicas que trouxemos para você.

Veja Como É Possível Ter Uma Dieta Flexível E Fácil De Manter

1 – Realize Um Planejamento

Planejamento. Esta é uma palavra muito utilizada em Administração, mas que também é fundamental para qualquer área de sua vida, inclusive quando se deseja manter uma dieta flexível.

Sendo assim, é preciso que você planeje tudo: seus horários de alimentação, os dias da semana em que vai comer algo que lhe agrade, rotina de exercícios… Enfim, você precisa definir em seu planejamento como levar uma vida saudável.

É claro que existirão dias que serão exceções à regra, porém é importante que você se mantenha focado se deseja emagrecer, mas também manter um programa alimentar mais flexível.

2- Beba Mais Água

A ingestão de água é fundamental para que você consiga perder peso e se manter em uma qualquer dieta.  A água é responsável pela eliminação de toxinas do seu corpo e redução do inchaço. O ideal é que você beba de 2 a 3 litros de água por dia.

Para isso você também pode utilizar a seu favor aplicativos que façam com que você se lembre de tomar água.

Outra dica importante é carregar sempre consigo uma garrafinha d’água pois assim sempre que sentir necessidade, você pode ingerir o líquido.

3 – Consuma Mais Proteínas

Quer se manter em uma dieta? Acrescente mais proteínas em sua alimentação. O ideal é que você consiga inserir proteínas em todas as suas alimentações desde o café da manhã até o jantar.

As proteínas são responsáveis pela construção muscular sendo que quanto maior for a quantidade de músculos, maior é o gasto de calorias.

Nessa lista você poderá então incluir ovos, leite, carne branca, vermelha, peixes e leguminosas que são ótimas fontes de proteínas.

4- Reduza O Consumo De Carboidratos

A redução do consumo de carboidratos também é importante para manter uma dieta flexível. Os carboidratos são a nossa principal fonte de energia e quando são reduzidos o corpo então tenta buscar nas reservas de gordura a energia necessária para a manutenção dos órgãos.

5- Invista Nos Chás

dieta_flexível

Os chás também são importantes para uma dieta flexível. Isso porque a depender do tipo de chá, ele possui propriedades metabólicas, bem como, desinflamatórios, o que facilita o emagrecimento.

Os chás também tem poder de eliminar as toxinas do corpo e podem ser utilizados como um recurso para aqueles dias em que você acaba comendo algo muito calórico.

6 – Pratique Exercícios Regularmente

Se você deseja manter uma dieta fácil você deverá então praticar exercícios. A prática regular de atividades físicas provoca a queima de calorias possibilitando o emagrecimento.

E existem muitas atividades que você pode praticar desde pequenas caminhadas até musculação. Cada tipo de atividade física permite um tipo de gasto calórico que pode ou não ser elevado.

Mas o importante é que você não deixe de praticar exercícios físicos.

7- Evite Comer Muitos Doces

A ingestão excessiva de doces pode prejudicar sua dieta. Você não está proibido de comer doces, mas o ideal é que em seu planejamento você defina os dias que poderá comer doces, contudo, não abuse.

E não é preciso nem falar o motivo, os doces aumentam os níveis de glicose no sangue, proporcionam o aumento de gordura corporal além de não possuírem nenhum tipo de nutrientes bons para o organismo.

8- Evite Pães E Massas

O consumo de farinha branca é um dos elementos que prejudicam a sua dieta, pois também aumentam os níveis de glicose no sangue. Para manter uma dieta o ideal é que você opte por massas integrais pois possuem um número maior de nutrientes e reduzem os números de glicose no sangue.

9- Evite Frituras

As frituras também são as vilãs de qualquer dieta. É preciso lembrar que apesar de ser flexível, você ainda está de dieta, então não se escore na flexibilidade da dieta para poder comer de forma desregrada.

Ao serem fritados os alimentos possuem um número maior de gorduras que são prejudiciais ao organismo além de apresentarem características inflamatórias. Além disso, quando as gorduras são consumidas em exagero, elas tendem a aumentar a pressão arterial.

Mais uma vez se faz o importante o planejamento para que você possa definir os dias do mês em que se dará ao luxo de comer uma batata ou frango frito.

10- Diga NÃO Aos Fast Foods

Uma dieta flexível não aceita fast foods. Isso porque são comidas pobres em nutrientes e que só trazem malefícios à sua saúde. Mas se você realmente for fã deste tipo de comida o ideal é que a consuma apenas uma vez ao mês evitando o acúmulo de gorduras indesejadas no seu corpo.

11- Reduza O Consumo De Álcool

Se você é aquele tipo de pessoa que bebe 4 vezes na semana mesmo estando em uma dieta tranquila é preciso parar. A bebida alcoólica aumenta os níveis de glicose no sangue além de ser muito calórica. Por exemplo, uma lata contendo 500 ml de cerveja equivale ao consumo de 1 pão francês.

Agora imagine quantos pães você tem ingerido. Porém isso não quer dizer que você deva erradicar a bebida de sua vida, afinal de contas, somos humanos e precisamos de momentos de prazer onde a bebida está inclusa. O ideal então é consumi-la dentro do que foi planejado.

Mas não vale deixar de consumir a bebida durante a semana e consumir o dobro no final de semana pois isso daria exatamente no mesmo consumo.

12 – Cuidado Com Os Fins De Semana

Manter uma dieta flexível significa que mesmo aos finais de semana você deverá que moderar o que consome tanto durante a semana quanto aos finais de semana para que assim, equilibre o consumo de calorias.

Óleo De Coco – Por Que Usar, Receitas E Benefícios

O óleo de coco é extraído diretamente do coco e é considerado um dos melhores alimentos para a saúde. Existem dois tipos deste tipo de óleo: o refinado e o extravirgem. O óleo refinado é extraído quando o coco está seco, já o extravirgem é extraído com o coco ainda fresco.

Quando em temperatura ambiente, esse alimento é encontrado em sua forma líquida, contudo, quando levado a temperaturas mais baixas, ele pode se tornar sólido.

Mesmo quando já possui uma certa quantidade de tempo, o óleo de coco não se estraga facilmente, o que permite o seu armazenamento por mais tempo.

Ficou interessado em saber mais sobre este alimento? Então continue lendo este artigo para saber quais são.

Óleo De Coco – Principais Benefícios

O óleo de coco é um dos alimentos que mais exerce influência positiva sobre nossa saúde. Apesar de apresentar uma quantidade considerável de gorduras saturadas, segundo especialistas, estas são facilmente absorvidas pelo organismo.

Assim, este alimento apresenta diversas funções benéficas para o organismo tais como:

– Auxílio Na Perda De Gordura

As gorduras saturadas presentes na substância ajudam na oxidação das gorduras do corpo, causando assim a sua quebra o que resulta no emagrecimento.

Assim, o alimento permite que a gordura seja quebrada no tecido adiposo se transformando em energia.

Além disso, o óleo de coco ajuda a acelerar o metabolismo do organismo uma vez que possui ácido láurico, o que faz com que as partículas do corpo trabalhem de forma acelerada.

– Aumento Da Imunidade

A substância que é rica em ácido láurico e cáprico consegue modular o sistema imunológico atuando de forma eficaz contra fungos, bactérias e vírus.

– Saciedade

A saciedade também está relacionada à uma dieta de sucesso. Nesse sentido, o alimento consegue ativar pepitídeos específicos que estão diretamente relacionados à sensação de saciedade.

– Bom Funcionamento Do Intestino

Outro benefício do óleo de coco é que ele permite o bom funcionamento do intestino uma vez que sua gordura se mistura ao bolo alimentar e às fezes, o que facilita a sua passagem pelo sistema digestivo.

– Retarda O Envelhecimento

O alimento possui propriedades antioxidantes combatendo os radicais livres que são responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele. Além disso, suas propriedades também ajudam a aumentar a elasticidade da pele.

– Reduz O Colesterol Ruim

O ácido láurico presente na substância consegue aumentar o colesterol bom, contudo, também pode aumentar as taxas de colesterol ruim. Sendo assim, é importante que ele não seja consumido em quantidades elevadas.

– Melhora A Função Cerebral

Como o alimento é fonte de triglicérides, os mesmos podem servir de fonte alternativa de energia para o cérebro, sendo estudada a possibilidade de que seu consumo ajude no tratamento de doenças como epilepsia e Alzheimer.

– Alivia Picadas De Pernilongo

Pelo fato de possuir propriedades anti-inflamatórias, o óleo de coco também pode ser usado contra picadas de pernilongo. Além disso, ele também ajuda a reduzir o inchaço e o risco de infecção.

Quantidade Recomendada De Óleo De Coco

Apesar de médicos especialistas recomendarem um dose reduzida do consumo de óleo de coco o ideal é que se consuma 1 colher de sopa de óleo de coco diariamente.

O consumo excessivo do alimento não é recomendado uma vez que ele pode trazer riscos cardiovasculares, por aumentar o colesterol.

Além disso, pelo fato de também possuir propriedades que ajudam a regular o intestino, seu consumo intensivo pode causar diarreia.

Como O Óleo De Coco Pode Ser Consumido?

óleo_de_coco

O óleo de coco pode ser consumido de diversas formas, tanto em pratos quentes quanto em pratos frios.

No entanto, recomenda-se que ele não seja levado diretamente ao fogo para que assim, ele consiga manter as suas propriedades antioxidantes.

Veja algumas receitas que levam o alimento

– Bolo Integral De Cenoura

Para realizar a receita, você vai precisar:

  • 100 ml de óleo de coco
  • 3 cenouras picadas
  • 150 g de farinha integral
  • 80 g de açúcar mascavo
  • 100 g de farelo de aveia
  • 2 ovos
  • 100 ml de leite de coco

Modo de preparo: misture todos os ingredientes líquidos em um liquidificador, realize uma mistura dos ingredientes secos e adicione a mistura líquida. Leve ao forno 180 º C por 40 minutos e sua receita estará pronta.

– Salada De Frutas

Para realizar esta receita você vai precisar:

  • 1 colher de sopa de óleo de coco
  • Suco de 1 laranja
  • 1 maçã picada
  • 1 pera picada
  • 6 morangos picados
  • ½ mamão picado
  • 1 colher de mel
  • Granola

Modo de preparo: em uma vasilha adicione o suco da laranja, o óleo de coco e as frutas picadas. Em seguida, adoce a salada com mel, e acrescente a granola quando for servir.

– Salada De Tomate Com Rúcula

Para que você faça essa receita com óleo de coco é preciso que você reúna os seguintes ingredientes:

  • 1 tomate picado em rodelas
  • 2 chumaços de rúcula
  • 1 xícara de cebolinha picada
  • 1 colher de óleo de coco
  • 1 colher de chá de pimenta calabresa
  • ½ cebola roxa picada
  • 1 colher de vinagre
  • Sal a gosto

Modo de preparo: misture todos os ingredientes sólidos e acrescente em seguida os ingredientes líquidos adicionando o sal.

– Vitamina De Morango Com Banana

Para que você possa realizar esta receita você vai precisar dos seguintes ingredientes:

  • 1 copo de leite desnatado
  • 10 morangos
  • 1 banana
  • 1 colher de aveia
  • 1 colher de óleo de coco

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva-se.

O alimento serve como um tempero tanto para receitas salgadas quanto doces, portanto, ele se torna muito democrático e não existem desculpas para que ele não seja utilizado.

Óleo De Coco – Onde Encontrar

Este óleo pode ser encontrado em diversos lugares, desde farmácias, supermercados, lojas de produtos naturais; podendo ser encontrado tanto em estado líquido ou em cápsulas.

No entanto, para que o seu uso seja feito de maneira adequada, é sempre importante a opinião de um especialista.

Quer Começar A Malhar? Conheça Algumas Dicas

É fato de que quem deseja ter melhor qualidade de vida, um corpo mais torneado e perder gordura corporal tem como como opção começar a malhar.

A malhação é um dos exercícios mais completos pois ajuda na construção de força muscular, assim como, possibilita o aumento da massa muscular. Além disso, ela possibilita a correção da postura e estimula a produção de hormônios que provocam o bem estar.

Porém, quem deseja começar a malhar precisa ter alguns cuidados básicos para que ao invés de trazer benefícios, a malhação resulte em lesões leves ou graves. E se você deseja começar esta atividade veja aqui algumas dicas importantes.

Por Que Começar A Malhar?

começar_a_malhar

Existem muitos motivos para fazer uma pessoa querer malhar, o primeiro deles é, sem sombra de dúvidas, a saúde física do corpo.

A ciência já mostrou através de diversos estudos e pesquisas que o excesso de gordura corporal traz prejuízos ao corpo tais como:

  • Aumento da pressão arterial;
  • Risco do doenças cardiovasculares resultantes do acúmulo de gordura;
  • Risco do desenvolvimento de doenças metabólicas, como o diabetes;
  • Alguns estudos ligam a obesidade até mesmo ao risco de desenvolvimento de determinados tipos de câncer.

Contudo, ao praticar exercícios físicos de forma regular, evita-se o acúmulo de gorduras no corpo, ou até mesmo, estimula-se sua redução prevenindo essa série de doenças.

Mas não só isso, a malhação também trabalha com a sensação de bem estar. Ao realizar atividades físicas, o corpo humano libera hormônios como ocitocina e serotonina, que são responsáveis por aquela sensação de satisfação.

Além disso, a pessoa se torna mais disposta de modo que consegue realizar de forma mais dinâmica suas atividades diárias.

Começar a malhar também ajuda a manter a mente mais saudável, estudos científicos indicam que a realização de exercícios físicos está diretamente ligada a uma mente mais saudável onde o risco de desenvolvimento de doenças como o Alzheimer, diminui.

A malhação também aumenta a autoestima que é importante para que o ser humano se sinta capaz.

Contudo, sair do sedentarismo não é uma coisa simples e requer alguns cuidados. Vejamos quais são a seguir.

1 – Comece Aos Poucos

Você decidiu que vai entrar na academia e isso é ótimo, porém o seu corpo não está acostumado com essa atividade física.

Então, não vai adiantar você chegar na academia e colocar todos os pesos no aparelho e realizar a atividade como bem entender, ou então, correr 1 hora na esteira sem parar.

A prática de exercícios deve ser orientada por um profissional, caso contrário você poderá ter efeitos colaterais como tontura, arritmia e elevação da pressão e em casos mais graves, sem acompanhamento profissional, você pode até mesmo sofrer um infarto.

Portanto, comece aos poucos e à medida em que for se adaptando, eleve os pesos, passe mais tempo na esteira e realize as atividades que deseja.

Lembre-se de que o emagrecimento é um processo mais lento e não acontece do dia para a noite.

2- Tenha Uma Alimentação Saudável

Se você começar a malhar mas não mudar a sua alimentação, na verdade, você estará realizando um esforço sem ganho.

A alimentação é fundamental para que os resultados apareçam, é exatamente como aquele ditado “você é o que você come”, então não adianta tentar se enganar consumindo alimentos não saudáveis e achando que apenas a academia vai fazer milagres.

3- Tenha Disciplina

A disciplina é fundamental para quem deseja começar na academia, isso porque a malhação requer estímulos corretos nos dias corretos.

Então não adianta você ir uma vez por semana na academia, fazer todos os exercícios de todos os dias da sua ficha e esperar por resultados pois certamente eles não aparecerão.

Para que você consiga bons resultados você deve respeitar a sua ficha, treinar os membros certos nos dias certos e não se esquecer dos treinos de cardio (esteira e bicicleta) pois eles são importantes para que você ganhe mais resistência.

Além disso, manter a disciplina vai fazer com que você consiga ter os resultados que espera em menos tempo.

4- Tenha Cuidado Com Os Suplementos

Muitas pessoas que desejam malhar acreditam que ao realizarem esta ação precisarão de suplementos que farão um verdadeiro milagre em suas vidas.

O fato é que os suplementos alimentares ajudam sim, mas é preciso saber como utilizá-los. Se você está começando agora o melhor é que foque na sua alimentação e a torne mais saudável.

Suplementos alimentares como whey protein, albumina e creatina são indicados para quem realiza atividades mais intensas, o que ainda não é o seu caso.

Além disso, a suplementação deve ser prescrita por um médico nutricionista que avaliará suas condições físicas e a necessidade deles.

5- Preze Pelo Descanso

Outra dica para quem deseja começar a malhar é prezar pelo descanso. Não é à toa que muitos profissionais não recomendam treinos todos os dias, muitas vezes, eles são intercalados.

Isso acontece porque é no descanso que seus músculos poderão crescer. A musculação fazer com que haja o estresse muscular durante a prática do exercício. Depois que ele é realizado, o organismo então passa a trabalhar para a recuperação deste músculo o que resulta no seu crescimento.

Assim, não vai adiantar trabalhar os mesmos grupos musculares todos os dias, ou então querer malhar sem parar pois isso não apresentará resultados satisfatórios.

O ideal é que você respeite a sua ficha e evolua dentro dos seus treinos.

6- Não Exagere

Este um passo importante para se ter mais qualidade de vida, porém, ele não é o único. Sendo assim, existem outras coisas que você precisa fazer para que consiga bons resultados.

Dormir bem, não se estressar, ser disciplinado, estar ao lado de quem você ama, todas estas são dicas para que você consiga levar uma vida saudável e obtenha os resultados desejados.

Nada em excesso faz bem, a malhação não é um exceção. Procure o equilíbrio nas suas ações para que consiga conquistar tudo o que sempre planejou .

Membros Superiores: Melhores Exercícios E Dicas

Apesar de muitas mulheres evitarem o treino de membros superiores por meio que essa parte se desenvolva de forma demasiada e elas fiquem com uma aparência masculinizada, o treino da parte superior é indicado ao público feminino.

Isso porque quando executados de forma adequada, estes exercícios tendem a fortalecer esses membros, corrigir a postura e evitar a flacidez.

Veja aqui quais os exercícios para membros superiores são os mais indicados para mulheres.

1 – Treinos Para Membros Superiores – Costas

Os exercícios para as costas são importantes pois fortalecem toda a estrutura do tronco além de corrigirem a postura. Os músculos das costas também são auxiliares para os membros inferiores e por isso essa musculatura deve ser treinada de maneira adequada.

– Barra Fixa

A barra fixa trabalha não só as costas mas também, outras regiões musculares como os braços e ombros. Ela requer que a mulher execute o exercício erguendo o próprio peso. Contudo, em treinos mais pesados, algumas mulheres podem utilizar até mesmo caneleiras.

– Remada Curvada

A remada curvada também é um dos exercícios para membros superiores que trabalha grande parte da musculatura das costas e de forma indireta, os braços.  No entanto, é importante ficar atenta à sua forma de execução para que ela não ocasione nenhum tipo de lesão.

– Remada Unilateral Com Halter

Os exercícios unilaterais são importantes na composição do treino para membros superiores, isso porque eles trabalham de forma independente cada uma destas partes. O exercício é realizado com halteres que podem ser escolhidos de acordo com o peso.

Além disso, ele também tende a fortalecer o lado mais fraco do corpo impedindo que o lado mais forte execute toda a ação.

– Remada Baixa

A remada baixa é um exercício que deve ser realizado sentada e funciona com o auxílio de cabos trabalhando a parte média e superior das costas. É um exercício de fundamental importância pois essas regiões não são facilmente atingidas com outros exercícios.

– Pull-down Com Pegada Fechada

Este é um dos exercícios para membros superiores que trabalha o latíssimo do dorso sendo importante para a construção muscular.

2 – Treinos Para Membros Superiores – Peito

Os exercícios para peito também são fundamentais para o corpo feminino pois tendem a fortalecer e dar mais sustento a esta parte do corpo além de ajudarem a levantar os seios.

Portanto se você, assim como outras mulheres não quer sofrer com os efeitos da gravidade e dos anos, o exercício é o mais indicado.

– Supino Reto Com Barra

membros_superiores

O supino reto com barra é um exercício para membros superiores que é multiarticular. Apesar de ser muito praticado pelos homens, ele também é bastante indicado para mulheres desde que leve cargas menores.

O exercício é realizado com a pessoa deitada em um banco elevando barras com determinada quantidade de peso.

– Crucifixo Reto

O crucifixo reto é um dos exercícios para membros superiores que trabalha de maneira a isolar um determinado grupo muscular que é o peitoral. Ele é realizado com halteres e com os cotovelos semiflexionados.

– Voador Peitoral

Trata-se de um exercício semelhante ao crucifixo realizado na máquina, por ser feito na máquina, ele possui menor ativação dos músculos estabilizadores.

– Flexão De Braços

A flexão de braços e utilizada apenas com o peso do corpo. O exercício não precisa da utilização de barra ou haltere mas trabalha com uma grande quantidade de grupos musculares.

– Supino Na Máquina

Este é um dos exercícios com haltere que por ser efetuado na máquina pode ter uma variação maior de intensidade podendo trabalhar de maneira adequada os membros superiores do peito.

Nesse tipo de exercício, os músculos estabilizadores são menos recrutados em relação ao peso solto.

3- Treinos Para Membros Superiores – Bíceps

Treinar bíceps é fundamental para o fortalecimento dos braços assim como, para evitar a flacidez do famoso “ tchauzinho”. Assim, existem exercícios muitos bons direcionados a este grupo muscular.

– Rosca Direta Com Barra

Este é um exercício que vai trabalhar de forma multiarticular os bíceps sendo realizado com uma barra, assim, para que o exercício se torne ainda mais complexo o ideal é que ele leve uma boa carga. Contudo, esta deve permitir que sua execução seja feita de forma completa.

– Rosca Martelo

Este exercício para membros superiores é realizado com halteres sendo praticado de forma unilateral, fazendo com que os grupos estes grupos musculares de cada braço sejam trabalhados de maneira adequada.

– Rosca Concentrada

A rosca concentrada também é um dos melhores exercícios para bíceps e quando realizada de forma adequada não requer a ajuda de nenhum outro músculo, trabalhando este de forma adequada.

– Scott

Este exercício também trabalha a força dos bíceps de maneira isolada. O exercício para membros superiores é realizado em uma aparelho chamado scott em que você deve permanecer sentada movimentando os seus braços.

4- Treino Para Membros Superiores – Tríceps

Os tríceps também são um treino importante o fortalecimento dos braços dando mais força e sustentação a eles. Por isso, é fundamental que mulheres treinem este tipo de grupo muscular.

– Tríceps Com Alteres Sobre A Cabeça

O treino é feito com os alteres sobre a cabeça que trabalha não só o tríceps como também, deitóide e o trapézio.

É realizado em pé, onde com um altere em cada uma das mãos sendo que uma palma da mão está de frente com a outra, os braços são estendidos para cima da cabeça.

–  Tríceps Na Polia Alta

O tríceps na polia alta é um dos treinos para membros superiores que consegue trabalhar esse grupo muscular de maneira isolada. Ele é realizado com uma barra presa na polia alta onde ela é forçada com as palmas das mãos voltadas para baixo.

– Tríceps Na Polia Com Corda

É um dos melhores exercícios para tríceps e é realizado na polia com uma corda presa ao cabo que deve ser levada até as coxas sem que os braços se movam, movimentando-se apenas os cotovelos.

Dicas De Shakes Perfeitos Para Hipertrofia- Receita E Dicas

A hipertrofia é algo que muitas pessoas que frequentam academia estão buscando nos últimos tempos, afinal de contas, ter um corpo bem torneado é o sonho de muitos por aí. Mas além de um bom treinamento, a alimentação é um fator de determinante, sendo assim surgem então os shakes para hipertrofia.

Este suplementos alimentares são capazes de fazer com que o seu organismo consiga ter mais energia para reconstrução muscular desencadeada pela musculação.

E se você quer mais dicas de shakes para hipertrofia continue lendo este artigo e descubra todas elas.

O Que É Hipertrofia Muscular?

A hipertrofia muscular consiste no aumento da massa muscular que assim provoca o aumento da musculatura corporal. Em outras palavras, deixa o indivíduo com um corpo mais torneado e maior.

A hipertrofia acontece devido ao fato de que o corpo é submetido a estímulos hormonais atuando em determinados tecidos.

Para que um indivíduo possa desenvolvê-la, é preciso que ele pratique musculação e tenha uma alimentação baseada em determinadas quantidades de calorias.

Na musculação, o esforço do músculo causa o estresse muscular que em reposta causa o estresse muscular que tende a aumentar o volume do músculo.

Contudo, para obter os ganhos desejados, é preciso que o indivíduo seja acompanhado por um profissional capacitado que consiga lhe fornecer os exercícios adequados e oriente quanto ao consumo equilibrado de nutrientes necessários.

Nesse sentido, entram os shakes para hipertrofia que servem como suplementos alimentares e permitem o ganho de massa muscular.

O Que São Shakes Para Hipertrofia?

shakes_para_hipertrofia

Os shakes para hipertrofia são misturas que visam suplementar o ganho de massa muscular. No entanto, eles não podem substituir a alimentação uma vez que por mais que eles apresentem nutrientes, eles não substituem os nutrientes encontrados nos alimentos.

Eles podem ser utilizados como pré e pós treino ajudando a dar força e recuperação aos músculos. Veja de dicas valiosas para preparar o seu shake.

1 – Utilize Leite Semidesnatado

Apesar de conter uma quantidade maior de gorduras, o leite semidesnatado possui também uma quantidade maior de nutrientes que podem auxiliar no ganho muscular.

O ideal é que os shakes sejam preparados com cerca de 1 copo americano, Porém, quem tem alergia à lactose pode substituir o leite integral por água, a quantidade de nutrientes será menor, mas ainda assim, eles apresentaram bons resultados.

2- Consuma O Shake Logo Após Seu Preparo

Todos os shakes devem ser consumidos logo após seu preparo. Isso porque algumas propriedades contidas neste tipo de alimento se perdem em algumas horas.

Além disso, a bebida é muito fácil de ser preparada.

3-  Utilize Frutas

A maioria dos shakes devem ser preparados com frutas, mas você sabe quais os tipos de frutas ideais?

A banana por exemplo, é bastante indicada para o preparo de um shake levando em consideração que ela evita câimbras e é um alimento rico em outros nutrientes.

O morango também é uma boa pedida, pois ele é uma fonte rica de vitamina C, além de cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, sódio, zinco e cobre, que ajudarão o seu organismo como um todo.

O mamão também é uma boa pedida já que a fruta é rica em flavonoides, ácido fólico, vitamina C, vitamina do complexo B, minerais de potássio, ácido fólico e ácido patotênico, além de muitas outras propriedades.

Sendo assim, as frutas são importantes na composição dos shakes para hipertrofia permitindo o bom funcionamento do seu organismo.

4 –  Valorize A Aveia

A aveia também é um dos alimentos que podem ser utilizados na composição de shakes para o ganho de massa muscular.

O ideal é que a aveia seja adiciona a shakes que serão consumidos no pré-treino. Isso porque, ela é uma ótima fonte de energia e carboidrato que ajuda na execução perfeita do treino.

Além disso, ela contém um quantidade muito boa de proteínas vegetais o que permite que também seja uma auxiliar no ganho de massa muscular.

5- Whey Protein Também É Uma Boa Pedida

O whey protein é um suplemento que auxilia no ganho de massa muscular e deve ser consumido como shakes.

É fato que a sua absorção se torna mais lenta quando não é ingerido com água, no entanto, ele apresenta bons resultados na construção muscular quando consumidos em shakes.

Portanto, esse suplemento pode ser uma boa pedida para você.

Receitas De Shakes Para Hipertrofia

Agora que você sabe um pouco mais sobre como realizar bons shakes para hipertrofia é hora de ter acesso a algumas receitas.

Shake de Whey com morango

A  Shake de Whey com morango pode ser utilizada como pós-treino para a recuperação muscular, e leva os seguintes ingredientes:

  • 1 copo americano de água ( para facilitar a absorção do alimento)
  • 5 morangos
  • 1 colher de aveia
  • 1 scoop de whey protein sabor chocolate

Modo de preparo: bata todos os ingredientes no liquidificador e consuma logo em seguida.

Shake de banana com mel

O Shake de banana com mel é um que deve ser consumido como pré-treino que ajuda a fornecer energia para o corpo e assim, você então poderá realizar um bom treino. Os ingredientes são:

  • 1 banana
  • 1 colher de aveia
  • 1 colher de mel
  • 1 copo americano de leite semidesnatado

Modo de preparo: bata todos os ingredientes no liquidificador e consuma 20 antes de ir para o seu treino.

Shake de mamão com whey

Este é um dos shakes que pode ser consumido tanto antes, quanto depois do treino. A receita leva os seguintes ingredientes:

  • ½ mamão
  • 1 copo de leite semidesnatado
  • 1 scoop de whey protein sabor baunilha

Modo de preparo: Bata todos os ingrendietes e caso o shake seja para consume pré treino, o ingira pelo menos 20 minutos antes depois de começar o treino e se for depois, ingira o shake o mais rápido possível para que assim você não entre em estado de perda muscular.

Estes shakes são uma ótima alternativa para acelerar o seu ganho muscular mas no entanto, devem ser consumidos com moderação sendo válido ressaltar que eles não substituem uma refeição.

Alie o suplemento vitamínico Trembodrol, com os seus shakes para aumentar seu ganho de massa muscular.