Veja Por Que Você Não Deve Ter O Dia Do Lixo Na Sua Dieta

Veja Por Que Você Não Deve Ter O Dia Do Lixo Na Sua Dieta

Com certeza você já ouviu pessoas falando sobre ter um dia do lixo na dieta, certo? É uma técnica muito comum e adotada por muitas pessoas.

Mas, será que funciona mesmo? Será que esse dia não atrapalha o resto da nossa dieta e até mesmo a nossa saúde, física e mental?

Existem muitos questionamentos e muitos motivos pelo qual ter um dia de lixo não é benéfico para o seu corpo.

Para entender tudo sobre esse assunto, continue lendo o artigo, pois iremos esclarecer tudo para você.

O Que Significa Dia Do Lixo?

dia-do-lixoVocê já ouviu falar no dia do lixo? Muitas pessoas que buscam um corpo saudável separam um dia na semana para ser o dia do lixo.

E é um tema muito controverso, pois muitas pessoas apoiam esse dia e outras dizem que não é recomendado.

Então, afinal, o dia do lixo é bom ou não? Faz algum mal? Antes de responder isso é necessário entender o que é esse dia do lixo.

É simplesmente um dia que a pessoa separa para ser livre na dieta. Ou seja, nesse dia você pode comer tudo o que quiser.

Ou seja, você pode comer bolo, chocolate, sorvete e até mesmo beber refrigerante. É como se fosse um dia de recompensa para você que segue a dieta firme todos os outros dias.

Mas, na verdade é muito mais que isso. Apesar de ser sim, um mimo, o dia do lixo é utilizado como uma estratégia.

Pois, quando você faz uma dieta, o seu corpo aos poucos se acostuma com a nova alimentação saudável, e começa a se adaptar.

É o platô de emagrecimento. Ou seja, depois de um tempo com uma nova alimentação saudável você passa a não emagrecer tanto quanto emagrecia no inicio da dieta.

Então, esse dia para comer besteiras é na verdade uma estratégia para o seu metabolismo não se adaptar e estagnar.

Portanto, é uma técnica muito utilizada principalmente por atletas que precisam fazer dietas muito rigorosas e treinos muitos pesados.

Mas, se você não faz nenhum treino intenso e não precisa submeter o seu corpo a dietas tão restritivas, será que é bom fazer um dia do lixo?

Ou será que pode trazer problemas pra sua saúde física e mental?

Ter Um Dia Do Lixo É Prejudicial Ou Não?

dia-do-lixoA resposta para essa pergunta definitivamente é não. Primeiro, o nosso organismo se adapta a nossa rotina e ao nosso estilo de vida.

Portanto, no dia que você colocar gorduras e carboidratos no seu corpo, além do normal, o seu cérebro produzirá hormônios relacionados ao prazer e a compulsão.

Assim, se você tornar o dia do lixo algo comum, esses hormônios serão regularmente ativados e você vai passar a sentir desejo de comer besteira com uma frequência maior.

Além disso, nesse dia, por ingerir alimentos muito gordurosos e calóricos, o seu corpo sente um pico de insulina. E isso pode demorar a passa, gerando fome em excesso

Mas, para esse problema você pode procurar uma solução como mudar o dia do lixo toda semana, ou fazer em uma frequência diferente.

Porém, isso tudo pode ter um efeito muito grande na sua saúde mental. Pois, ter um dia de prazer dentro de uma dieta restritiva pode gerar muita ansiedade.

Ainda, se o seu objetivo com uma dieta é definir os seus músculos e ganhar massa muscular, essa técnica é uma péssima ideia.

Pois, ao exagerar e comer muita gordura e carboidrato em um dia, você faz com que o seu corpo se acostume a ganhar e acumular gordura.

Assim, ele começará a ter mais facilidade em ganhar gordura do que ganhar massa muscular.

Mas, além das consequências na sua saúde mental e no seu físico, existem consequências negativas para a sua saúde também.

Pois, além de ajudar a ganhar peso, ao comer tantos alimentos não nutritivos de uma vez você acaba retendo muito líquido.

Sem contar que pode gerar problemas intestinais, pois é uma carga muito alta de gordura de uma vez só.

Então, o que eu posso fazer no lugar do dia do lixo?

As pessoas buscam esse dia para produzir um choque metabólico no seu corpo, e quebrar a rotina para que ele não se adapte.

Mas, existem outras coisas que você pode fazer para gerar essa quebra, como por exemplo:

  • Mudar o seu treino: Seja mudando os exercícios ou aumentando a intensidade;
  • Mudar a sua dieta: Você pode estar sempre trocando os alimentos principais da sua dieta, para que o seu corpo não se acostume.

Mas, tirando isso, o importante mesmo é que você tenha uma alimentação sempre saudável e equilibrada.

Não estamos falando que você nunca deve comer algo mais calórico, pois todos sentimos desejos ás vezes.

Mas, você fazer isso de maneira mais controlada será melhor para o seu organismo e para a sua massa muscular se manter intacta.

E claro, junto a uma alimentação saudável e rica em proteína você deve incluir uma rotina de treinos eficiente e boas noites de sono.

Assim, comer as vezes, controladamente, um alimento pouco nutritivo não irá atrapalhar tanto a sua dieta ou o seu processo.

Pelo contrário, é muito importante você ter uma relação saudável com a comida, sem ser de proibição, muito menos dependência.

O que irá atrapalhar é esperar toda semana pelo dia do lixo, como se a sua felicidade dependesse dele.

Conclusão

dia-do-lixoEntão, agora você sabe o que é o dia do lixo e porque você não deveria adotar essa técnica para ajudar na sua dieta e no seu treino.

Pois, existem diversas maneiras de fazer o seu metabolismo estar sempre trabalhando e não se acostumar com a sua dieta.

Uma delas é mudar um pouco a sua alimentação, de maneira saudável. Além disso, mudanças no treino também podem ajudar muito.

De qualquer maneira, a sua dieta deve ser sempre saudável e equilibrada, sem um dia para comer tudo que quiser.

Você pode, e deve, se permitir comer alimentos não nutritivos as vezes, mas isso deve ser feito de maneira orgânica e moderada.

E aí, esse artigo tirou suas dúvidas? Conta pra gente nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *