6 Variações De Flexões Para Fazer Em Casa

6 Variações De Flexões Para Você Fazer Em Casa

Você sabia que existem diversas variações de flexões para fazer em casa e ter um treino completo e eficiente?

A flexão de braço é um dos exercícios mais completos para os membros superiores, e que trabalha também os membros inferiores, apesar de ser com menos intensidade.

Por isso, é um exercício que nunca falta no treino dos homens que desejam definir o corpo e ganhar massa muscular.

Portanto, para saber quais as melhores variações de flexões para fazer em casa, continue lendo esse artigo.

Quais as vantagens das flexões para fazer em casa?

flexoes-para-fazer-em-casaAs flexões de braço são exercícios obrigatórios para fazer em casa, pela sua praticidade e vantagens.

Afinal, para a sua execução você precisa apenas de um pequeno espaço no chão da sua sala ou do seu quarto.

Em geral, em um único exercício você consegue trabalhar diversas regiões musculares, como:

Com isso, ele traz muitos benefícios. É um exercício que trabalha com muitos músculos, de diferentes áreas ao mesmo tempo.

Por isso, o nosso coração acaba tendo que trabalhar mais para bombear sangue. Assim, há um aumento na nossa taxa metabólica. Ou seja, gastamos muita energia.

O que é excelente para quem deseja perder peso. Ainda, auxilia para a execução de outros movimentos que exigem maior potência.

Além disso, é excelente para melhorar a sua postura. Pois, fortalece a musculatura do core e da lombar. Por isso, nunca falta no treino dos homens que desejam uma maior definição muscular.

6 Variações de flexões para fazer em casa

flexoes-para-fazer-em-casaMuita gente conhece apenas a versão tradicional da flexão. Mas, existem muitas variações que você pode fazer.

Cada uma dessas versões de flexões para fazer em casa possui uma vantagem, e atinge mais alguma área do nosso corpo.

Mas, antes de falarmos sobre as variações, é necessário falar sobre a flexão tradicional. Se você não sabe como ela é feita, siga os passos:

  • Apoie as suas mãos no chão, com uma distância da largura do seu ombro;
  • Jogue as pernas para trás, e apoie apenas as pontas dos pés no chão;
  • Mantenha o corpo suspenso e reto, da cabeça aos pés, essa é sua posição base;
  • Flexione o cotovelo, levanto o seu peitoral em direção ao chão;
  • Volta a posição base, e faça novamente.

Você deve manter o corpo estabilizado a todo momento, assim como as suas articulações.

1. Flexões para fazer em casa com palmas:

Essa flexão possui apenas uma diferença para a tradicional. Mas, essa diferença traz muita dificuldade para o exercício.

Depois que você flexiona o cotovelo, o estende novamente para voltar para a posição inicial, certo?

Nesse momento, você irá jogar o corpo para o alto, tirar as mãos do chão e bater as duas mãos, como palmas.

Então, irá pousar no chão novamente, de maneira suave para evitar lesões. Com isso, você terá que fazer mais força para conseguir bater as palmas, trabalhando mais os músculos, especificamente as fibras de contração rápida.

2. Flexão diamante:

Essa é uma das flexões para fazer em casa que tem como foco o braço, mais especificamente o tríceps.

Por isso, se o seu objetivo é definir os braços, essa flexão não pode faltar no seu treino. Ela é bem parecida com a flexão normal, mas da posição inicial, de prancha, você irá juntar as palmas da mão no chão.

Ao invés de estarem afastadas, as mãos devem ficar abaixo do peito, juntas formando um triângulo, ou um diamante. Então, flexione o cotovelo e faça o movimento.

3. Flexão com um braço:

Essa flexão não tem muito segredo, pois o nome mesmo já diz. Tudo que você deve fazer é começar na posição tradicional, mas tirar uma das mãos de apoio e a colocar para trás das costas.

Então, o braço que você usará de apoio deve ficar abaixo do ombro e totalmente estendido. Portanto, flexione esse braço e faça a flexão.

Isso dificulta muito o movimento, pois você necessita de uma base mais firme. Com esse aumento na dificuldade, você gera mais estímulos para alcançar a hipertrofia, exigindo mais dos seus músculos.

4. Flexão negativa:

Essa flexão é muito parecida com a tradicional. Na verdade, ela é a flexão normal. Mas, ao invés de fazermos a flexão, descendo, e depois esticar o braço para subir, fazemos só a parte da descida.

Ou seja, você irá descer com o corpo, mas na hora de subir, irá interromper o exercício e voltar a posição inicial, sem estar na posição do exercício. E qual o benefício disso?

Pois, essa fase é a fase onde as fibras musculares são mais estimuladas, tendo maior potencial para crescer.

Ainda, é excelente para iniciantes que não conseguem fazer a flexão direito ainda, usufruindo dos seus benefícios mesmo assim.

5. Flexão declinada:

Essa flexão é bem simples de fazer. Ela é bem parecida com a tradicional. A única diferença é que os seus pés não ficarão no chão, no mesmo nível que as suas mãos, e sim em uma superfície mais alta, como uma caixa ou um banco.

Assim, você consegue trabalhar em um ângulo negativo, exercitando mais o peitoral. Quanto mais alto os seus pés estiverem, maior a dificuldade.

6. Flexão com as mãos afastadas:

Nessa variação, a única coisa que irá mudar é a posição das suas mãos. Ao invés delas estarem afastadas mais ou menos na largura do ombro, você irá afastar mais.

Assim, você irá aumentar a dificuldade do exercício, e será mais difícil fazer o movimento de descida e subida.

Com isso, você irá exigir um fortalecimento maior dos seus músculos.

Conclusão

Portanto, agora você tem um treino completo com flexões para fazer em casa, trabalhando bem diversos músculos do seu corpo.

Apesar de ser um exercício que parece simples, ele exige muito esforço do nosso corpo. Por isso, é necessário muito cuidado na sua execução.

Afinal, a última coisa que queremos é uma lesão. Então, vá com calma e faça as versões que você conseguir.

E ai, esse treino foi útil para você? Já tentou em casa? Se sim, deixe aqui um comentário falando como foi.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *